terça-feira, 21 de março de 2017

Os Países Mais Felizes

Olá, olá.

Estava eu caminhando e escutando a CBN no celular quando ouvi sobre o resultado de uma pesquisa sobre os países mais felizes do mundo. O Brasil caiu 5 posições, ficando em 22º (e é o 3º mais feliz na América Latina, depois de Costa Rica e Chile), isso provavelmente porque alguns dos quocientes dessa medidas são a confiança na sociedade e confiança no Governo (risos). Os lugares mais felizes foram: 1º Noruega, 2º Dinamarca, 3º Islândia, 4º Suíça e 5º Finlândia. Eu poderia ser leviana e dizer que é por causa do frio, coisa que adoro, mas o clima não colabora, ao contrário, a falta de sol - comum nos países escandinavos - pode levar a uma espécie de depressão sazonal. O que faz com que esses 5 países sejam tão felizes são, entre diversos outros fatores, as ótimas taxas de IDH e baixo nível de corrupção e desigualdade social*.

Ainda assim, o Brasil ficou numa boa posição se considerarmos que 155 países foram avaliados. É aquilo, sempre tem gente em pior situação que a gente, mas acho que estamos muito generosos com nós mesmos ou nos contentamos muito facilmente...

* Sobre a igualdade social dos países que ficaram bem na pesquisa: é o tipo de igualdade na qual todo mundo está bem e não o tipo de igualdade onde todo mundo passa fome, típica de regimes comunistas. Muito cuidado com o uso da palavra "igualdade"! 

Fonte da notícia: aqui

20 comentários:

  1. Eu acho o Brasil TOP. O Brasil só perde pros EUA, falo mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Einstein!

      Eu poderia fazer um top 10 países que adoraria morar e o Brasil não está nele, mas são gostos.

      Um abraço :)

      Excluir
  2. Tirando a violência, a falta de educação da população, a péssima infraestrutura das cidades, a economia instável e o pessimismo sobre o futuro, o Brasil é uma maravilha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anon!

      Haha concordo com vc!

      Um abraço :)

      Excluir
  3. Essas pesquisas são pura mentira. Eu não me sentiria feliz nesses países das primeiras posições e a maioria das pessoas que conheço também não. Já nos USA... É pra lá que todo mundo foge quando tem a chance.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho. Não tenho a menor vontade de visitar e muito menos de morar nesses países da escandinávia.

      Excluir
    2. Olá CF e Nerd!

      Eu provavelmente estou fora da curva porque adoraria morar nesses países escandinavos (exceto a Islândia). Eles tem gelo e metal! Entretanto, acredito que caso a imigração de refugiados para lá se consolide, os fatores positivos apontados pela pesquisa no médio prazo começarão a diminuir...

      Um abraço!

      Excluir
  4. Os países das primeiras posições são pequenos e por isso tem oportunidades mais limitades, além de diversidade mais limitada em relção a lugares, paisagens, cidades etc.
    Isso pode fazer com que viver nesses países possa parecer algo monótono e que gera poucas expectativas, o que num primeiro momento pode incomodar muita gente.
    Esses países tem no máximo 8 milhões de habitantes (caso da Suiça) os demais não chegam a 6 milhões, o que muito pouco comparado com o Brasil. São realidades muito diferentes.
    Tem ainda a questão climática, o inverno nos países escandinavos é rigoroso, creio que na Islândia principalmente deve ser complicado.
    Por outro lado a baixa população é um ponto que ajuda co que esses governs consigam manter um país organizado e co condições de proporcionar o bem estar social atual (por enquanto).
    Muitos preferem os EUA mesmo sem estar no topo da lisa pela diversidade de oportunidades, estilos de vida, paisagens, perfins demográficos e culturais, economia diversificada etc.
    País grande assim como o Brasil com mais de 300 milhões de habitantes. O Brasil poderia estar numa situação melhor, mas essa é uma questão longa na qual não me aprfundarei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anon!

      Muito boa sua análise e concordo que, para imigrar, os EUA sejam uma opção melhor, devido a variedade social e cultural e diversas opções de lugares para ficar (os EUA, como o Brasil, tem "mini países" dentro de si), o que não ocorre nos países que ficaram no topo da pesquisa. Particularmente, gosto da Escandinávia e não me importo com o mau tempo ou monotonia das mesmas paisagens (eles tem o sol da meia-noite que compensa, hehe).

      Quanto ao Brasil poder estar numa posição melhor, acredito que sim: temos um clima que propicia plantar quase tudo, temos excelente recursos naturais, riqueza cultural, fora que brasileiro é gente naturalmente feliz... mas sabemos os motivos pelos quais não estamos nem no top 20 atualmente. Nem é preciso se aprofundar nesse assunto, basta abrir o jornal.

      Um abraço :)

      Excluir
  5. Olá jacque, meu caso é o seguinte: Apesar da minha idade avançada, esse ano fiz 22, sempre poupei e hoje acumulei pouco mais de 22k na renda fixa, tenho ainda empréstimos a parentes como muitos fazem aqui na blogosfera.

    O que diria pra mim? Foco no aumento dos aportes? É uma pena minha idade já estar tão avançada, porém não podemos voltar no tempo.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Anon!

      Olha, se você está, como diz, em idade avançada (mas o ideal era eu saber quão avançada é porque 40 hoje em dia é os 30 de antigamente) não invista na renda variável, pois seus resultados são melhores no longo prazo (a não ser que vc queira ser trader, mas isso é uma outra história e PESSOALMENTE não recomendo). Então continue na renda fixa, em investimentos com pouco risco (ou seja, não se empolgue com debêntures ainda) e continue aportando.

      A pergunta que te faço é: esses 22k são sua reserva de emergência?

      Excluir
    2. Esses 22k são tudo o que eu tenho em caixa.

      Eu tenho 22 anos de idade.

      Excluir
    3. 22k é meu patrimônio, reserva de emergência rs

      Excluir
    4. Olá.

      Você tem 22 anos, é muito novo Estude sobre investimentos e assim que estiver com sua reserva de emergência pronta, procure diversificar os investimentos e tenha uma parte deles em renda variável para o longo prazo, caso seu perfil não seja conservador.

      Idade avançada aos 22 anos... tsc.

      Excluir
  6. O que acha de um namoro onde o homem tenha 35,40 anos e a mulher 20,21? Existe alguma peculiaridade neste relacionamento?

    É bom saber, pois um dia a gente vai ter 35,40 anos e eu tenho preferência por mulheres de 20,21 mesmo. Ou seja, se eu fosse solteiro com 35,40 anos e quisesse uma namorada, escolheria alguma de 20,21.

    Abraço e parabéns pelo blog. Siga firme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anon.

      Eu sou a pior pessoa para dar pitacos sobre relacionamentos, eu simplesmente não ligo muito pra eles. Se vc, suponhamos, tem 35-40 anos e quer uma namorada de 20, está ok. Só tome cuidado com as interesseiras ou as que buscam "capitão salva puta" (desculpa o termo).

      Eu mesma, quando tiver 45 vou procurar um garotão de 25 hahaha.

      Um abraço!

      Excluir
    2. Qual sua idade?

      Excluir
  7. Engraçado mesmo o fator Sol não havia notado isto até uma chilena que trabalha comigo comentar que as pessoas são mais calorosas aqui por conta do clima,desde comecei a reparar como o humor das pessoas muda mesmo de acordo com o clima...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Curioso!

      Sim, o sol influencia muito o humor das pessoas. Há diversos estudos a respeito, não apenas nesse grande aspecto, como viver em países com menos incidência solar como em aspectos mais simples, por exemplo, como fazer atividade física pela manhã dá uma maior sensação de realização e prazer do que fazê-la à noite.

      Bem vindo ao blog e um abraço :)

      Excluir
  8. Qual sua faixa de patrimônio? Mais de 100k já?

    ResponderExcluir

Não fale com os outros o que não gostaria que falassem com sua mãe.